quarta-feira, 22 de abril de 2009

...


Foi assim que me senti
quando estive em teus braços...
Inteiramente salva das marés
Numa sensação
de sonhos misturados
em alentos de vai e vem...

Feito rajadas de vento
brincando entre as ondas...
Ajustei-me em teu corpo
como um barco à deriva
se aconchega às águas

Como uma raiz de cáctus
se introduz na areia
Como um sol se aninha
no horizonte ostentoso...

3 comentários: