sábado, 2 de janeiro de 2010

...


"Saudade é um pouco como fome. só passa quando se come a presença. mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. essa vontade de ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida."

3 comentários:

TONTURA RURAL MUSICA EXPERIMENTAL E POESIA LUCIA disse...

bom dia!

Teresa Durães disse...

sim, nem sempre a presença sacia a totalidade dessa fome., e devoramos em beijos para saciar essa fome

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá amiga, belo sentimento...Espectacular....
Beijos