domingo, 9 de setembro de 2007

Simplesmente...


Porque esta noite é tão vazia?
Porque esta noite é tão sem ar?
Será que o teu estar frio (in)constante até muda as estações?
Tudo deveria ser diferente...
Mais fácil,
Talvez mais decente...
Eu queria ir mais longe,
Devia ter ido mais longe,
Ir além dos meus sonhos,
Mas também ir além dos sonhos dos que já não sonham mais...
Ir adiante sobretudo das realidades.
Eu queria ir mais longe...
Eu quis mudar o mundo,
Sonho dos tolos!
Eu quis simplesmente ser feliz,
Ilusão dos tristes!
Eu queria ir mais longe,
Onde a solidão dormisse,
E o falar do mar não fosse este lamento obstinado...
Eu podia ter ido mais longe,
Longe de mim mesma...

4 comentários:

Fernanda e Poemas disse...

Xana, belo texto,adorei!!!!!!!!!!!!
Bom começo de semana.
Beijinhos com sabor a mar.
Fernandinha

butterfly disse...

Longe de ti mesma, onde irias?
Beijos

Xana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Xana disse...

Aquém de longe numa montanha de medos e receios,
lançados do fundo do vulcão de lâminas de ardor...
bem perto do meu sangue que percorre parte do meu corpo ferido.

Longe de mim… voltaria a desejar estar perto de novo e não voltar a partir...

Beijo meu,butterfly